quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Kinect-O Futuro Já Chegou.O Videogame de última Geração!


Hoje dia 18 de novembro foi um dia de muita expectativa no Brasil para os aficcionados em videogames, o grande lançamento do mais esperado e revolucionário jogo que se tem conhecimento em termos de inovação tecnológica o já consagrado: Controle Kinect para Xbox 360 inicialmente chamado pelo fabricante a Microsoft de “Projeto Natal”.

O Primeiro a gente não esquece.
No início dos anos oitenta eu tive o primeiro contato com o videogame mais famoso da época o ATARI.
Foi um dos melhores presentes que dei pro meus filhos e pra mim também.
Lembro que eu era até um pouco desleal com eles quando eu os enrolava e dizia que era minha vez de jogar quando na verdade era pra eu ficar de fora assistindo os dois jogarem, mas aquele brinquedinho era uma tentação irresistível que me fazia voltar a ser criança.

Lembro ainda quando cheguei em casa com aquele que seria o ultimo passo da tecnologia até então para o entretenimento de pais e filhos.
Quando a minha amiga Mitzi Vasques ofereceu-me o Atari que teria sido do seu filho Túlio que por sua vez já estava com um modelo mais avançado e eu como não poderia deixar de ser adorei.
Com aquela máquina pude fazer a alegria dos meus filhos e porque não dizer a minha também.
Quem não se lembra do velho e famoso Atari?


O Futuro já Chegou.
Confesso que a minha curiosidade de está frente a frente com esse que é maior sucesso mundial em videogames é muito grande, mesmo porque me sinto um privilegiado de poder acompanhar o desenvolvimento da tecnologia em todos os campos.

O grande diferencial do acessório é captar os movimentos dos jogadores e transferir para dentro dos games, sem a necessidade de joystick.

O Kinect é um sistema que reconhece vozes, gestos e movimentos através de hardware e software especiais. O sistema é composto por uma câmera de padrão RGB e outra infravermelha que é encarregada de lançar uma série de raios infravermelhos com sensor CMOS de “ver” a sala em 3D, independentemente das condições de iluminação existentes, e um microfone multidirecional.
Estes dispositivos são os responsáveis de transmitir os dados para a camada de software, consumindo cerca de 15% dos recursos do console o que possibilita uma visão em 3D em tempo real, já que ao invés de usar uma palavra chave o sistema analisa os nossos movimentos corporais que são enviados através de um scanner de corpo inteiro.
O sistema está programado para analisar as imagens recebidas e buscar uma forma típica do homem e, em seguida, identificar cerca de 30 peças essenciais, como a cabeça, tronco, quadris, joelhos, cotovelos, coxas, etc.

O Kinect utiliza um campo de inteligência artificial chamado “Machine Learning” (aprendizagem de máquina) onde o computador recebe uma quantidade suficiente de dados, neste caso, milhões de imagens de pessoas, e aprende por si mesmo a entender o que está vendo.
Poupando assim os programadores da tarefa árdua de codificar regras específicas que descrevem os milhões e milhões de movimentos possíveis que podem fazer o corpo humano.


O Criador é Brasileiro.
Para nosso orgulho o criador dessa máquina do nosso tempo é um brasileiro chamado Alex Bipman.
Autodidata e programador precoce de software, esse paranaense de 31 anos, fazia do computador e do videogame seus melhores amigos na adolescência.

Já foi empresário, trabalhou para a NASA e na Microsoft criou a tecnologia Kinect, além de ser um dos promotores aqui no Brasil onde concedeu uma entrevista coletiva no dia 04 desse mês para promover o lançamento nacional.

Segundo Kipman, “O Kinect deve revolucionar a tecnologia de games assim como Beethoven transformou a música ao quebrar as regras já existentes”.


No Brasil o Lançamento Desaponta.

A Microsoft não conseguiu produzir aparelhos suficientes para atender a demanda mundial e apenas cerca de mil unidades foram entregues para o país inteiro deixando muita gente desapontada o que não era pra menos.
A propaganda em cima do Kinect encantou os gamers e, de fato, é o melhor produto na área de jogos já lançado nos últimos dez anos.
O comércio principalmente de Rio e São Paulo não mantém esperanças de ter o produto em quantidade suficiente para atender a todos interessados antes do final do ano o que deixará de ser o grande campeão de vendas do ano.

Quanto a mim vou ficar esperando e quem sabe que ao invés da monotonia da esteira eu não venha aderir ao Kinect, a verdadeira revolução do Videogame e voltar a ser criança outra vez? Além de perder alguns quilos à mais que estão tirando o meu sono.
Haja fôlego!
video

Edigarde Rodrigues

Nenhum comentário: