segunda-feira, 29 de junho de 2009

A Luta da Mulher por Mais Espaço no Mercado de Trabalho Não Para!


A luta da mulher por mais espaço na sociedade não é de hoje.
Nos últimos 150 anos o movimento feminino tem conquistado cada vez mais um lugar ao sol em todas as áreas seja na educação, política, ou nas forças Armadas, encontramos uma representante do sexo feminino.
Hoje o número de mulheres em cargos de comando é crescente.

O Brasil tem dado seu contributo para a emancipação da mulher, muito embora muitas ainda achem que essa evolução ainda deixe a desejar.
Em 1827 O Brasil lança a primeira legislação que trata da educação da mulher e embora a lei limitasse a admissão de meninas somente para escolas elementares, e vetava a instituições de ensino mais elevado.

Mas o Brasil foi um dos primeiros países a conceder o direito do voto à mulher o pioneiro foi a Nova Zelândia em 1893 e os Estados Unidos,em 1920.
O Presidente Getúlio Vargas em 1932 baixou um decreto que garantiu finalmente o direito de voto da mulher brasileira e a primeira a ser eleita foi à paulista Carlota Pereira de Queiroz para a assembléia constituinte em 1933 que foi a única mulher entre os 214 deputados.
Mas é claro que o movimento pela libertação da mulher era evidente.
Nos Estados Unidos no ano de 1848 surge o primeiro encontro sobre os direitos da mulher e no Brasil quatro anos mais tarde Joana Paula Manso de Noronha lança o Jornal das Senhoras mas sem dar ênfase aos direitos da mulher para que pudesse circular com facilidade nas casas de família.
Mais uma vez os Estados Unidos participa diretamente da emancipação feminina e em 8 de março de 1857 na cidade de Nova York 129 operárias ao reinvidicarem melhores condições de trabalho, que reduzia de quatorze para dez horas o trabalho e o direito à licença maternidade foram queimadas dentro de uma fábrica têxtil e hoje em homenagem a essas corajosas guerreiras comemora-se em todo mundo o “ Dia Internacional da Mulher”
No Brasil essa data era proibida de ser comemorada na época da ditadura militar , assim como também em 1964 o Conselho Nacional de Desportos - CND proibiu a prática do futebol feminino no Brasil. A decisão só foi revogada em 1981.
No Brasil, em 1879 o Governo abriu as instituições de ensino superior do país às mulheres, muito embora as jovens que aceitavam trilhar por esse caminho se submetiam as pressões da sociedade majoritariamente machista e também contavam com a desaprovação social, tanto que as primeiras mulheres que foram graduadas tanto em direito como medicina tiveram muitas dificuldades para exercer suas funções.

A batalha da mulher para se firmar no mercado de trabalho, já foi mais difícil, hoje é uma realidade incontestável que a mulher além da sua competência e garra tem conquistado funções de destaques em grandes empresas deixando de ser apenas uma secretária ou uma professora como era num passado não tão distante assim.
É cada vez maior o número de mulheres que são responsáveis pela principal renda da casa, isso é hoje uma grande realidade.

Hoje 20% das empresas do Brasil são comandadas por mulher.
Segundo dados estatísticos já passam de 20% as empresas no Brasil que têm mulheres na presidência.

Apesar de toda evolução ainda existe em vários países a disparidade salarial entre homens e mulheres o que acaba levando a mulher ganhar menos do que merecia embora desenvolvendo o mesmo trabalho e para o homem é também uma desvantagem pelo fato de perderem os seus postos de trabalho para elas sem que as mesmas reinvidiquem uma igualdade salarial e cada vez mais são aceitas no mercado mesmo sabendo que acabam sendo de certa forma exploradas mas no fundo satisfeitas por conseguir uma preferência com relação aos homens pelo empregador o que está tornando um circulo vicioso que pelo visto vai levar tempo para que seja alinhado e a concorrência que é inevitável possa ser de igual pra igual e não vejo outro jeito, porque de sexo frágil a mulher não tem nada, muito pelo contrário, isso se faz notar pelo número de mulheres que hoje são admitidas nas diversas áreas de trabalho e com muita competência só falta agora uma tomada de posição no sentido de valorizar a confiança que nela é depositada e passar a lutar por melhores salários, e porque não uma igualdade de salário com os homens com acontece no Reino Unido desde de 1970?

Eu só não sei qual vai ser o futuro dos homens que cada vez mais perdem seus postos no mercado globalizado onde a mulher está cada vez mais em evidência e com salários mais baixos sempre.Eles ficarão em casa cuidando dos filhos?
Tudo na vida tem um preço é verdade.
Diante de tantas lutas a mulher assegurou o seu lugar na sociedade e tem legitimado o seu papel, respondendo por uma transformação muito importante, dando seu contributo para o desenvolvimento de toda sociedade e não só apenas como mãe, mas sim como mulher que faz toda diferença.


Edigarde Rodrigues

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Michael Jackson- O Maior Astro Pop de Todos os Tempos Silencia!


Triste e estarrecido. Foi assim que recebi a noticia da morte do maior astro do pop mundial, Michael Jackson.
Eu nunca escondi a minha admiração por esse artista de talento indiscutível que foi cantor, compositor, músico, produtor, diretor, ator, dançarino, empresário.
Nascido em Gary, Indiana, Estado Unidos, em 29 de agosto de 1958, oriundo de uma família musical começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade e no ano de 1969 aos 11 anos foi apresentado ao mundo pela cantora Diana Ross como vocalista do grupo o qual fazia parte os seus irmãos, “O Jackson Five” que foi um dos maiores fenômenos de vendagem de discos da gravadora americana Motown.
Ainda no grupo, gravou o seu primeiro disco solo em 1971 Go to be there e logo em seguida o álbum “BEM” que teve a música principal como tema do filme do mesmo nome.Ainda fazendo parte do grupo do Jackson Five ele não mais parou de gravar solo e o sucesso nunca o abandonara desde então.
O Jackson Five desintegrou-se em meados dos anos setenta devido aos seus componentes darem conta de um inevitável desgaste, e sem contar com o talento e o carisma da sua maior atração, o Michael.
Em setenta e nove surge um Michael Jackson mais maduro sem aquele ar de criança e trás na bagagem um álbum que o lançou definitivamente para o estrelato "Off The Wall" esse disco foi um marco em sua discografia devido aos arranjos super modernos em parceria com o Mestre Quincy Jones e a partir dali o maestro passou a acompanhá-lo em suas novas investidas musicais, além de uma amizade sólida.

O maior estouro não só da sua carreira, mas também em termos mundiais foi o álbum “Thriller” que com a força do melhor vídeo clip(título)já feito para uma música, segundo os prêmios que conquistou e outros do mesmo álbum com produções primorosas ajudaram a torná-lo num fenômeno de vendas de todos os tempos com a marca de setenta e cinco milhões de cópias em todo mundo além de ter faturado oito prêmios Grammy e inúmeros discos de platina.

Em 1984, Michael reuniu-se novamente com seus irmãos para um álbum, "Victory" e uma turnê de seis meses batendo recordes de público.

Com seu espírito altruísta de sempre por se preocupar com um mundo melhor como seu ídolo “Peter Pan” Michael Jackson foi considerado o artista que mais ajudou pessoas necessitadas no mundo, e em oitenta e cinco em parceria com o Lionel Richie compôs o tema da campanha em prol do combate a fome na África e gravaram um Video Clip da música” We are the World” uma obra prima dessa preciosa parceria e que contou com a participação de vários artistas consagrados e sob a regência do seu amigo e maestro Quincy Jones.
Outro sucesso do Michael foi o contrato bilionário que ele assinou com a gravadora Sony em noventa e um e que deu como fruto o álbum "Dangerous" o qual foi responsável pela maior turnê do cantor e o mantém nas paradas mundiais até hoje.
Como não podia deixa de ser, muitas foram às polêmicas em torno do nome do maior astro pop Michael Jackson.

Em oitenta e três foi acusado de pedofilia e fez um acordo com os pais da criança que o acusara, segundo uma parte da imprensa o pai do menino fez uma espécie de chantagem com o cantor.
Oitenta e cinco ele adquire os direitos autorais de todo catálogo do Beatles.
Outro episódio marcante foi o casamento com Lisa Marie Presley filha do não menos famoso Elvis Presley que durou menos de dois anos.
O conturbado casamento com Debbie Marie Rowe, no mesmo ano e segundo dizem nunca chegaram a morar juntos embora ela tenha tido dois filhos do cantor. Em noventa e nove eles se separaram, ou melhor, acabava o “casamento”
Com dois casamentos falidos e disputas judiciais, que a vida de Michael Jackson entrou realmente em declínio levaram o cantor a isolar-se em uma de suas propriedades mais conhecidas, o famoso Rancho de Neverland, na Califórnia onde vivia cercado da companhia de crianças o que levou mais a ser acusado de pedofilia e em dois mil e cinco foi absorvido e nada ficou provado de concreto.
Fãs choram sua morte.

O mundo está triste e foi tomado por um susto com a notícia da morte inesperada do ídolo pop, aos 50 anos e pai de tres filhos.
Ele se preparava para uma série de cinqüenta espetáculos em Londres,que em princípio estava marcado pra começar no próximo dia oito de julho e fora adiado a pedido do cantor para o dia doze o que levantou suspeitas sobre o seu estado de saúde.

Eu chego à conclusão que é sempre fácil acusarmos alguém, mas cada um sabe melhor do que ninguém o que lhe aflige.
Não deve ter sido nada fácil nascer num país nomeadamente racista, como os Estados Unidos, onde pelo simples fato de um reverendo chamado Martin Luther King ter sido assassinado por sonhar um dia ver seu povo negro livre, onde não passava na cabeça de ninguém há quarenta anos ter um Presidente negro, onde uma organização como a Clu Clux Clã que defendiam a soberania branca e segregaram milhares de negros por décadas a fio e tiveram suas atividades interrompidas “ao que parece” há pouco tempo e onde a maioria da população norte americana torcia o nariz para o sucesso de um negro independente da área de atuação.
Não quero com isso justificar qualquer excesso de extravagância cometida por nenhum artista como Michael Jackson. Só não quero fazer julgamentos.
Segundo declarações de sua irmã o pai deles era muito severo além de Michael não ter desfrutado de uma infância a qual podemos chamar de normal devido aos compromissos que a vida atribulada de um menino assumira sem se dar conta com tão pouca idade, sendo o responsável pelo o sucesso dos irmãos e o tempo passou e ele viu que também precisava de um colo, mas já era um adulto sem a estrutura que é preciso ter.

Quero guardar comigo a lembrança desse homem que não teve tempo pra ser menino, mas nem por isso deixou de se preocupar com os mais desfavorecidos.
Vejamos um pouco da sua preocupação com um mundo cada vez melhor nessa composição que se chama “Cure o Mundo” Esse era o seu desejo.




Edigarde Rodrigues

domingo, 21 de junho de 2009

O Donatário da Capitania Hereditária do Maranhão José Sarney e sua Mimada Filha Roseana Estão em Papos de Aranha!


Quando José Sarney elegeu-se governador do Estado do Maranhão em 1965 apoiado pelo primeiro presidente do regime militar Castelo Branco, Roseana tinha 12 anos de idade e vivia no Rio de Janeiro.
Declaradamente a filhinha preferida do papai sempre foi cercada de atenções e super mimada, talvez por isso ele seja tão temperamental e mandona, segundo os seus oposicionistas e as pessoas mais próximas a ela.
Em seu currículo a Roseana Sarney já protagonizou vários escândalos num passado recente como o caso Sudan, OAS entre outros.

Apesar de sua saúde complicada que a levou a diversas intervenções cirúrgicas o seu temperamento e suas atitudes em relação ao excesso de poder que ela acumula há vários anos, não permitiu uma mudança e um abrandamento no seu comportamento.
Recentemente empossada no cargo de governadora em substituição ao Governador Jackson Lago (PDT), cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral juntamente com seu vice Luiz Carlos Porto (PPS) por abuso de poder econômico e político nas eleições de 2006.
A atual governadora do Maranhão mantém uma residência no Lago sul em Brasília e mais uma vez numa demonstração de abuso do dinheiro público, dispõe dos serviços de Amaury de Jesus Machado, de 51 anos, conhecido como "Secreta", que é funcionário efetivo do senado e trabalha para ex senadora como uma espécie de mordomo e ganha com gratificações em torno de R$ 12 mil pago pelo povo já que deveria está prestando os seus serviços para a instituição que lhe paga esse gordo salário.
Não é de hoje que a ligação do “secreta” com a família do Donatário do Maranhão o servidor tem um longo histórico de serviços prestados à família - trabalhou até no Palácio da Alvorada quando Sarney era presidente (1985-1990).

Roseana Sarney admitiu que ele presta serviços pra ela, "ele é seu afilhado"
e foi a própria governadora que trouxe ele do Maranhão pra Brasília".
Se é afilhado ou não o povo não tem nada haver com isso, então pague o salário do “secreta” e ele por sua vez peça dispensa do seu cargo do senado e passe a trabalhar unicamente para a generosa patroa e vamos ver se ela vai pagar esse salário de causar inveja a muitos executivos e muitos profissionais altamente qualificados no Brasil e mesmo no exterior.

Como se não bastasse, mais um escândalo envolvendo a governadora do Maranhão: A arquiteta Isabella Murad que é sobrinha de Jorge Murad, seu marido, apesar de morar em Barcelona na Espanha continuava recebendo salários do legislativo e pago pelo senado e nesta sexta-feira 19/06 foi exonerada pela liderança do PTB. Ufa! São tantas ocorrencias envolvendo a herdeira do trono do Maranhão que não caberia nessa página.

José Sarney apesar de possuir uma residência em Brasília figura na lista dos premiados com o salário-moradia, que a cada mês engordava ainda mais a sua obesa conta bancária em R$3,8 mil e ele não se dava conta ou nem fazia cócegas essa “merreca’ que pra ele era incapaz de chamar-lhe a atenção, mas que significa para um maranhense comum um ano de trabalho para juntar essa quantia e o Presidente do Senado recebe em apenas um mês, mesmo sem pedir, segundo o próprio “Donatário”.
José Sarney tem sido cobrado por seus pares uma posição mais enérgica no sentido de esclarecer algumas questões que a cada dia macula cada vez mais a casa que deveria servir de exemplo de moralidade a todo país.
Senadores governistas e da oposição descartam o afastamento do peemedebista, mas reconhecem que Sarney deveria ter anunciado medidas práticas durante o discurso. O fato de Sarney tentar se eximir de responsabilidades pelos atos secretos deixa a maioria intrigada, mesmo porque o “Donatário” já exerceu dois mandatos anteriormente e não pode simplismente dizer que não sabia de nada e ao tentar se eximir das responsabilidades pelos atos secretos deixou de prestar à opinião pública explicações necessárias sobre a crise no Senado.
A principal crítica ao discurso está relacionada ao fato de Sarney não ter definido que atitude tomará com relação a medidas punitivas no escândalo dos atos sigilosos editados pela instituição nos últimos 14 anos.

Depois do neto e de duas sobrinhas de José Sarney (PMDB-AP), presidente da Casa, O mais novo nome da lista é o de Virgínia Murad de Araújo. Ela foi nomeada assistente parlamentar do gabinete da liderança do governo no Congresso, à época ocupada por Roseana. Seu salário, na ocasião, era de R$ 1.247. Onze meses após ter sido nomeada, ela passou a ganhar exatamente o dobro - R$ 2.494. Virgínia é filha do ex-deputado Emílio Biló Murad, primo de Jorge Murad, genro de Sarney.
Até onde vai a gana pelo o poder e pelo dinheiro que leva um político do calibre do Senador que já foi o Presidente da Rpública a ponto de perder o controle da situação em prol dos seus interesses sem se preocupar como bem do coletivo pensando e agindo como o “Donatário de sua capitania”. da época imperial. O Fato de Sarney declarar que o Problema é do Senado e não dele, não honra um imortal da Academia nem tampouco um líder que tem a responsabilidade de responder pelo bom andamento da casa que é o símbolo da democracia do país e que cabe a ele como presidente contribuir com suas atitudes austeras e claras para punir os responsáveis, ou um "mea culpa" por “atos” que em nada contribuem para uma democracia plena e só beneficia grupos que não merecem a confiança do povo Brasileiro. Esse é o lado obscuro do Senador que deslocou-se de vez da realidade e, sobretudo da capitania que domina há 50 anos como um verdadeiro “Donatário”.



Edigarde Rodrigues

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Pra se Tornar um Bom Jornalista o Que é Preciso? Dom ou uma Boa Formação Acadêmica?


Sai uma noticia quentinha do forno, sim do forno do padeiro, do pizzaiolo ou da caldeira do pasteleiro, isso mesmo, à partir de hoje com a derrubada da obrigatoriedade do diploma para exercer a função de jornalista pelo Supremo Tribunal Federal, que segundo os ministros não é uma profissão que ponha risco a saúde da população como a medicina, por exemplo, e que o direito de expressão é de todos.
Isso significa que qualquer pessoa pode ocupar o cargo de jornalista ou mesmo abrir e manter um jornal sem se preocupar com diploma.
Cabendo apenas ao empregador avaliar a capacidade do candidato independente de formação acadêmica.
Será que poderá ser assim também com todas as profissões regulamentadas?

Quem teve motivos para comemorar pela a decisão do Supremo foi o Sr Nélio dono de uma quitandinha na rua onde moro, ele se sente um jornalista especulativo, mas pra mim não passa de um mexeriqueiro, porque ele sabe da vida todos nas redondezas e já disse que vai abrir um jornalzinho porque agora não precisa de jornalista nenhum pra assinar, ele a mulher a dona Cidinha se encarregam das reportagens, ou seja, das fofocas e ele mesmo será o redator chefe do jornaleco e quer contar com os comerciantes da localidade para dar uma forcinha no patrocínio, o que não vai faltar porque o povo quer mesmo é ver o circo pegar fogo.
A verdade é que o Sr Nélio está se achando.

Sabemos que não é o fim do mundo, mesmo porque o Brasil não é o primeiro país no mundo a não exigir a obrigação do diploma, tampouco condição suficiente para o exercício da profissão, também acontece nos seguintes países: Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Chile, China, Costa Rica, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Japão, Luxemburgo, Peru, Polônia, Reino Unido, Suécia, Suíça, Portugal e muitos outros. Nestes países a mentalidade é a de que não pode haver impedimentos para qualquer cidadão ingressar no jornalismo, mas até criar e manter o seu próprio jornal.

Falando sério.

Em plena ditadura militar em 1967 foi criada a lei de Imprensa que servia como "teoria da segurança nacional" (para combater os inimigos internos rotulados de subversivos - opositores de esquerda). “regular os jornalistas e os veículos de comunicação” lei essa que foi revogada tardiamente com pelo menos uns 25 anos de atraso, acabou a Lei de Imprensa. Por sete votos a um, o STF revogou a lei 5.525, de nove de setembro de 1967, que regulamentava o setor.

A partir de agora, os julgamentos de ações contra jornalistas passam agora a ser feitos com base na Constituição e nos códigos Civil e Penal.

O que se espera a partir de hoje é bom senso e respeito aos fatos de jornais e jornalistas e agilidade da justiça para punir abusos.

Até ai parecia uma vitória para a Imprensa, mas com o questionamento de que seria necessário ou não um diploma para o exercício da profissão de jornalista que a entidade viu o quanto não era tão poderosa quanto parecia, já que a pressão do sindicato dos patrões aliadas a vontade de muitos políticos que para esvaziar essa função que já foi chamada do “Quarto Poder” dando-lhe menos importância do que eles achavam que tinham não mediram esforços.

Depois de regulamentada há quarenta anos os profissionais que já exerciam o ofício foram provisionados e com isso poderiam trabalhar em órgãos de comunicação por direito.

Pela minha trajetória profissional como radialista de profissão e de formação já conhecí ótimos jornalistas que não tiveram formação acadêmica, mas que nem por isso deixaram de ser agraciados como jornalistas exemplares e até ensinaram em muitas faculdades do Brasil ompartilhando as suas experiências.

Eu esperava uma reação maior por parte dos sindicatos da classe que sempre foram muito rígidos até mesmo com os formandos que precisavam de um estágio e o sindicatos achando que uma renovação não se fazia necessária ou mesmo querendo preservar em demasia os profissionais da área não davam a devida chance aos jovens que buscavam desesperadamente um lugar ao sol.


Como ficam os pais que investiram na formação dos seus filhos numa profissão que poderá à partir de agora ser exercida até mesmo por quem não tem nem mesmo um curso fundamental como formação, basta ter dinheiro e astúcia poderá se tornar dono e responsável por matérias que mesmo não colocando diretamente em risco a vida de pessoas poderão influenciar os seus leitores, ouvintes ou telespectadores sem a menor preocupação de qualquer ética.
Eu sei que nem todos jornalistas são éticos, assim como profissionais de várias áreas,mesmo porque um curso superior não pode alterar o caráter de ninguém, principalmente quando esse é voltado para o mal, isso também é um dom.
Pra ser político só é preciso ter dom e mais nada!

Edigarde Rodrigues

sábado, 13 de junho de 2009

O meu Computador está Caduco! O que Fazer?Perder a Esportiva ou Aposentá-lo?



No inicio de 2006 eu achei que estava me lançando no mundo cibernético de cabeça. Acabara de fazer um up-date comprando uma máquina mais potente do que a que eu tinha, isto é, passava de 128MB para 512 MB, paguei uma grana preta se comparado com o que eu compraria hoje,ainda por cima sem monitor que comprei à parte, mas mesmo assim eu e estava me achando o Bill Gates do meu círculo de amigos.
Naquele dia lembro-me que não preguei os olhos madrugada à dentro tamanha era a minha empolgação com minha nova máquina navegando que nem um louco de tão contente.
Já pela manhã, todo eufórico caí na besteira de estragar um pouco a minha felicidade e fui ligar pra “Telefoníca”, não é assim que se diz em espanhol? Depois de quarenta minutos de espera não sem antes passar pelo terceiro atendente e deixar todos os meus dados de novo, eu não estava nem ligando pra isso, afinal eu estava que nem pinto no lixo com a nova máquina e fui logo pedindo pra aumentarem a minha velocidade do speedy, se é que isso é possível, quem sabe um dia? Passei 200 kbps para 500kbps, poxa que progresso!
No início a máquina me obedecia e fazia de tudo o que eu queria, era uma beleza, muito embora o speedy da “Telefoníca” não contribuísse muito e volta e meia me deixava na mão e lá ia eu pra tortura do atendimento on line.

No início, eu usava um daqueles monitores que tinha aquela traseira enorme, lembram? Depois vendo a desenvoltura da máquina comprei um monitor LCD que na época custou quase o valor do computador, mas a máquina dava prova que merecia esse upgrade porque correspondia com sua eficiência.
Com o passar dos tempos eu comecei notar que ela não era mais a mesma, estava ficando lenta e esquecida e comecei a me preocupar, parecia até que ela estava com "Mal De Alzheimer".
Ao invés daquela memória invejável quando era novinha, tinha uma vaga lembrança parecia até computador português e eu meio desconsolado fui conversar com um técnico amigo meu e quando eu comecei falando os seus sintomas e lhe falei da capacidade de memória RAM, HD etc. O meu amigo caiu na gargalhada o que me deixou além de sem graça muito chateado com ele, afinal estávamos falando da minha máquina que muita alegria tinha me dado num passado recente e eu não admitia tal zombaria.
Mas o meu amigo me convenceu a deixar o coração de lado e encarar a realidade e num chavão bem paulista ele sentenciou: Já sei, é um problema de junta. Junta tudo e joga fora, substitui por outra porque essa já era.
Prá ele, que é frio e calculista como todo técnico parecia fácil e pra mim que ainda não havia comprado a idéia de ficar sem ela que me acompanhou nas horas alegres e tristes e até me inspirou nas madrugadas quando eu resolvo escrever meus versos e minhas lamúrias, não é mole não.

Pensando racionalmente o meu amigo tinha razão e não adiantava eu ficar sacrificando à coitada, dando-lhe tarefas que não condizia com sua capacidade, quando eu exigia uma tarefa mais complicada como um Download desses sites que baixam tudo, entenderam? A bichinha só faltava chorar e eu só ouvia o rangir lá dentro do gabinete dela como se me pedisse clemência.

Com o coração partido, mas decidido a mudar de vida e tentar acompanhar a evolução da informática, vou ter que abrir mão e dispensar os seus serviços, mas vou ficar com saudade, mas se eu não fizer essa mudança já, daqui a pouco vou me sentir no tempo da máquina de escrever, lembram? “a minha era uma Olivetti”, quanta saudade! Lá se foi o tempo...
Hoje prefiro fazer um novo update e atualizar até os meus periféricos.


Edigarde Rodrigues

terça-feira, 9 de junho de 2009

Crianças Prodígios: Amadas ou Odiadas?



Shirley Temple foi sem dúvida a mais famosa criança de todos os tempos.
Ela começou no cinema aos três anos de idade e logo alcançou o super estrelato. Aos cinco anos a sua carreira já estava consolidada por incrível que pareça para uma criança naquela época.
Shirley Temple fazia um pouco de tudo, além de atuar com uma desenvoltura de gente grande ela cantava e dançava.
Os seus filmes além de produtos que levavam seu nome como: Bonecas, canecas, bonés, vestidos ou mesmo posters bateram recordes nos anos de 1936, 37 e 38 desbancando nomes famosos como: Clark Gable, Bing Crosby, Robert Taylor, Gary Cooper and Joan Crawford.
No cinema, na TV e nas artes em geral além de outros setores como na educação as crianças chamadas prodígios, ou seja, aquelas que possuem um nível de QI superior a maioria sempre se destacaram pelo o mundo à fora.
Muito questionado se os seus pais devem incentivar e apoiar esses talentos precoces naturais, ou deixar que eles tenham uma vida condizente com a sua idade, ou melhor, vivendo uma vida comum sem abrir mão de ser criança ao invés de se dedicar a uma atividade profissional, seja, cantando, representando ou mesmo em tarefas nomeadamente de adultos como é o caso do jovem indiano, Akrit Jaswal, cujos pais são médicos e ele ter sido considerado "o menino mais inteligente do mundo" com um QI de 146 e é considerado a pessoa viva mais inteligente na Índia, um país de mais de um bilhão de pessoas.

Akrit se tornou famoso ao executar o seu primeiro procedimento cirúrgico com autorização dos pais no ano de 2000, numa menina de oito anos que havia sofrido uma grave queimadura e os dedos da mão estavam colados e sem ter condições de pagar um médico. O jovem efetuou a cirurgia com sucesso aos sete anos de idade.
Atualmente aos doze anos é o mais novo universitário da índia graças a uma autorização especial concedida pela justiça e dedica-se a cura para o câncer.

Ultimamente a discussão se uma criança deve ou não exercer uma profissão voltou a tona no Brasil depois do fenômeno Maisa que foi descoberta pelo o Programa Raul Gil e hoje no SBT é responsável pela audiência nas manhã de sábado, desbancando no Ibope nada menos que a “Rainha dos Baixinhos” a Xuxa e talvez por isso tanta polêmica voltada para a garota do interior de São Paulo, mas precisamente da São José dos Campos.

Para completar e confirmar o sucesso dessa Shirley Temple tupiniquim, ela dividia com o maior comunicador do país,o apresentador e empresário Silvio Santos um quadro que vinha sendo um fenômeno de audiência no Programa Silvio Santos reativando as tardes de domingo no SBT e incomodando a concorrência a ponto de sugerirem a saída da garota das telas.


Francamente. Sempre ouve crianças na televisão e no cinema no Brasil e ninguém nunca chegou ao ponto de pedir intervenção de um defensor público para tirar do ar uma criança, seja em novela, anúncios publicitários ou outra peça na comunicação a menos que ela esteja nas gravações ou ao vivo em horários improprios ou sem autorização por escrito.


Uma das grandes polêmicas dos últimos tempos foi o fato do choro da Maisa no ar por maus tratos do Silvio Santos o que não tem procedência mesmo porque o Silvio com toda capacidade e inteligência não iria maltratar uma criança no ar ou fora do ar, o que na verdade aconteceu foi um ato de espontaneadade por parte dele querendo dar um tom de naturalidade de uma criança chorar se for minimamnente contrariada e como se fosse ao vivo ele deixou que fosse pro ar um choro da grande estrela Maisa, pra todo mundo, digo, todo mundo a concorrência cair de pau a ponto de tirarem a atração do programa do ar.

Pior do que isso são as gravações de novelas comerciais que levam horas a fio, estressam as crianças além de choros que em novelas são até mais questionaveis por questões diversas, seja por brigas dos pais ou abandono dos mesmos e ninguém reclama e vai tudo pro ar e ninguém nunca reclamou.

Quem sabe se o choro da Maisa não foi pela ameaça de ser substituída pela nova e promissora atração mirim de nome Rebeka Angel que irá preencher uma parte do horário matutino da emissora?

O conselho tutelar confirmou que a menina Maisa é feliz e bem cuidada e tem uns pais dedicados e que em momento algum houve por parte do seu patrão maus tratos, muito pelo contrário o que se ver no ar é uma interação descontraída e o Silvio Santos voltando aos tempos de criança com ela que é um show e que agrada a muitos dos que ajudam a alavancar a audiência do SBT.

Se quiserem fazê-la infeliz e provocar um choro descontrolado nessa estrela mirim tire-a do ar, o que será um pecado imperdoável porque ela não faz mal a ninguém só a concorrência.

video

Edigarde Rodrigues

quinta-feira, 4 de junho de 2009

O Congresso Nacional Quer Retalhar a Amazônia Legal Entre: Posseiros de aluguel, Desmatadores Profissionais e Empresários Aventureiros entre Outros!




Numa velocidade pouco vista quando se trata de questões relacionadas a Amazônia o Senado Federal aprovou na noite desta quarta-feira 03/06 o texto da Medida Provisória que foi modificado para beneficiar mais gente que tinha ficado de fora e que transfere, sem licitação, terrenos da União a quem detinha posses de antes de dezembro de 2004 que variam de 100 até 1.500 hectares na região amazônica. A MP 458/09 recebeu modificações e recebeu o nome de Projeto Lei de Conversão 9/2009.
A MP foi aprovada por 37 votos favoráveis contra dois, e uma abstenção.
O quorum era de 41 Senadores e a Presidente da sessão a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) mesmo não tendo votado a sua presença serviu par completar o número que precisavam para aprovação do texto.

A Senadora e ex-ministra Marina Silva (PT-AC bem que tentou, mas os destaques apresentados por ela foram derrotados e quem saiu ganhando com todo o processo foi a senadora e representante dos ruralistas, ou seja, Ronaldo Caiado de saia Kátia Abreu (Demo-TO), que teve 21 votos a favor dos destaques apresentados por ela e uma abstenção, com isso o texto do PLV (Projeto de Lei de Conversão) passou como veio da câmara.

A discussão em torno do projeto de conversão 9/2009, que trata da regularização fundiária na Amazônia Legal foi bastante acirrada entre ruralistas e ambientalistas principalmente com relação aos destaques da senadora Marina Silva que defendia entre outras questões a exclusão de empresários na compra de terras e proibia a venda das mesmas por parte dos grandes e médios proprietários por 10 anos ao invés de três como foi aprovado.
A MP vai beneficiar cerca de 1,2 milhão de pessoas, em 400 mil propriedades, segundo o seu relator, deputado Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) entre as mudanças propostas pelo deputado e aprovadas pelo plenário da Câmara estão a permissão para que pessoas jurídicas e servidores públicos, que já ocupam as áreas, possam receber o título de propriedade do terreno, só estão exclusos apenas os funcionários que trabalham no Ministério do Desenvolvimento Agrário, no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e em órgãos estaduais e municipais envolvidos com a questão agrária.

A principal questão é distribuição das terras: até cem hectáteres não será cobrado nenhum valor ao beneficiário; de cem a quatrocentos hectares será cobrado um preço simbólico e de quatrocentos a mil e quinhentos hectares serão vendidos a preço de mercado e ai é que mora o maior perigo.
Empresas que ocuparam terras públicas até 2004 também terão direito às propriedades. Os donos das terras poderão revendê-las três anos após a concessão dos títulos, no caso de imóveis médios e grandes. Os pequenos poderão só poderão vender após dez anos.


Se o desmatamento na Amazônia vem crescendo ano após ano podemos fazer uma ideia o que poderá acontecer daqui pra frente quando empresários que nem sequer precisam ser obrigados a residirem na região com as suas situações regularizadas e com plenos direitos adquiridos de posse do título que lhe dar propriedade, além de Ong´s que já exploram de maneira misteriosa a região e os pequenos e médios proprietários que em pouco tempo vão vendendo o que nada lhes custou para os grandes proprietários usando os famigerados contratos de gaveta, além de servir de incentivo a grilagem no Brasil.
Eles sabem que mais cedo ou mais tarde vão ganhar umas terrinhas, vender e partir pra outras.


Eu sou sempre a favor de que quando se trata de questões complexas a nível nacional e que envolve a segurança do país a população deveria participar muito mais e não deixar apenas nas mãos de meia dúzia de parlamentares, que nesse caso, na sua grande maioria são os maiores interessados em ampliar os seus negócios agropecuários.

Resta-nos esperar e torcer pelo bom senso do Presidente da República para uma ponderação nos excessos que o texto contém.
A senadora Marina Silva que contou com o apoio da bancada do PT no Senado encaminhou hoje uma carta com o pedido para que o Presidente peça a revogação de três artigos da MP que, na sua opinião, trazem prejuízos à floresta.



Deixo aqui um trecho das declarações da ex-ministra Marina Silva no senado:

video

Edigarde Rodrigues

terça-feira, 2 de junho de 2009

A Debandada dos Nossos Jovens Craques para o Exterior.



São vários os motivos que levam os nossos jovens craques de futebol e outros atletas a buscarem uma vida melhor fora do Brasil.
Depois da Copa Mundo de 1930 que foi realizada no Uruguai muitos dos nossos jogadores se mudaram para vários países europeus e principalmente a Itália.
A imprensa da época como não via com bons olhos essa saída.
Muitas vezes por preconceitos, porque o jogador de futebol na época não era muito bem visto no Brasil e por pura falta de oportunidade de vencerem na vida como jogadores.

A lei Bosman passou a vigorar em dezembro de 1995 pondo fim a cota de jogadores europeus nos clubes da união européia hoje composta por 27 países e alem dos países comunitários foram firmados acordos com a Islândia, Luxemburgo Noruega, Rússia, com países africanos e Caribenhos no sentido de facilitar o livre trânsito nesses países e principalmente deles.

No Brasil a Lei Pelé de 1998 pelo decreto lei nº 9.615/03/1998, que determinou o fim do passe, dando ao jogador o direito de escolher onde quer jogar e deixando de ser uma propriedade dos clubes, dando-lhe total controle sobre a transferência de um clube para outro ao final de um contrato alem do jogador ter liberdade para negociar livremente o seu passe, favorecendo a circulação de jogadores dentro e fora do país.

O Brasil sempre foi um celeiro de craques e como declarou certa vez o Leonardo ex-jogador da nossa seleção, dirigente e atual técnico do Milan um dos maiores clubes do mundo, quando um jovem começa a despontar aqui no Brasil e a imprensa brasileira ainda não dar o destaque merecido, profissionais de clubes europeus, os chamados olheiros já estão em cima para indicar a sua contratação.

Em outros casos jogadores saem daqui ainda desconhecidos além de muito jovens e fazem fama nos países que lhe adotam e não é raro os casos em que eles se naturalizam e passam a defender as seleções desses países.
Um clássico é o primeiro brasileiro campeão mundial de futebol, Amphiloquio Guarisi (Filó), sendo campeão jogando pela Itália, em 1934. Também Mazzolla, quase 30 anos depois, campeão com o Brasil em 1958, jogaria
pela Itália como Altafini.

Atualmente brasileiro Deco,joga pela seleção de Portugal; Alves jogou pela seleção Mexicana e outros menos famosos, o caso mais recente é o de Cacau um quase desconhecido por aqui , quando chegou na Alemanha a situação era a mesma e após quatro anos assegurou seu lugar ao sol hoje joga no Stuttgart. Casado, pai de dois filhos, estruturou sua vida na sociedade alemã e conquistou a cidadania em janeiro deste ano.Sem esperança de um dia ser pelo menos lembrado pelo o Dunga, não quis mais esperar, foi convocado pelo técnico Joachim Low para a seleção alemã que disputará amistosos contra China e Emirados Árabes.

Aos 28 anos,realizado e rico ele é o terceiro brasileiro naturalizado a ser convocado para a seleção Alemã depois de Paulo Rink, em 1999, e de Kevin Kuranyi, no ano passado.

Não são todos os casos de sucesso , muitos regressam decepcionados, iludidos por empresários na maioria brasileiros, que prometem o que não podem cumprir e se aproveitam da situação desses pobres que muitas vezes são pedras preciosas do futebol mal lapidados pela ganância de dirigentes e empresários que não os veem como seres humanos e apenas como um objeto negociável tirando-lhes o sonho de criança de tornar-se um Fenômeno.
Como nos anos trinta a imprensa continua preocupada com essa evasão de jogadores brasileiros, muitos dos quais consideram uma perda de qualidade do nosso futebol.

Existe a meu ver outro agravante que é a fama do Brasil que pode ser comparado aos estados mais pobres do país que chegam a vender seus filhos por falta de condições de criá-los, como foi visto numa triste reportagem do Fantástico nesse domingo 31/05 por não ter perspectiva de uma vida melhor.


Seria bem melhor se os nossos jovens craques fossem para qualquer parte do mundo por livre espontânea vontade em condições de igual pra igual, mas sem ser apenas só pra ter condições de sair de uma vida difícil, alguns da favela.

A publicidade brasileira é uma das melhores do mundo e o futebol está se profissionalizando cada vez mais deixando de ser apenas um clube para ser uma empresa e pra isso deve aliar-se cada vez mais a esses profissionais da propaganda e marketing e buscar soluções junto a grandes empresas para que tenhamos condições de manter as nossas jóias ainda brutas podendo serem lapidadas aqui, ao invés de vender-mos aos quilos.

Se quiserem não é tão difícil se não vejamos o caso do Zico quando retornou da Itália quando jogou no Udinese, Romário e o mais recente Ronaldo o fenômeno, que campanha de marketing fenomenal...
Agora temos mais um dos nossos que quer voltar a ser feliz no seu país que não tem igual no mundo apesar dos “pesares” o Pedalada: Seja bem vindo Robinho!

Edigarde Rodrigues